terça-feira, 11 de dezembro de 2007

Fantasia e androginia



O filme Labirinto marcou absolutamente minha infância. Apesar de eu ter muitos filmes preferidos, este é "aquele".
Conta a história de Sarah (Jennifer Connelly). Uma adolescente rebelde que vive no mundo da fantasia. Certa noite sua madrasta e seu pai deixam seu meio-irmão Toby aos seus cuidados. Ela, que morre de ciúmes do irmão, pede para que o rei dos duendes venha buscá-lo e a livre da "tortura". Aparece, então, Jereth (David Bowie) que é o tal rei dos duendes. Ele está apaixonado por Sarah. Sequestra Toby e diz para Sarah que ela precisa resgatá-lo em seu castelo em "x" horas, caso contrário, transforma ele em duende. Só que o caminho é um gigantesco labirinto com dezenas de armadilhas.



O filme é de 1986. Foi dirigido por Jim Henson e produzido pelo George Lucas. Os cenários e os figurinos do filme são maravilhosos.
Tem uma cena que é uma réplica da obra "Relativity" do M.C. Escher.




David Bowie está ótimo no papel do rei duende Jareth. Super andrógino, usa uma calça fusô realmente indecente o tempo todo.



O duende Hoggle teve a voz dublada pelo diretor Frank Oz.





A trilha sonora do filme também é excelente. As músicas Magic Dance, Chilly Down e Underground são as melhores na minha opinião, apesar da As The World Falls Down ser a música mais popular.



Trailer:


video





3 comentários:

  1. Nosssssssssssa!!!

    Esse filme simplesmente influencia tudo o que eu penso sobre arte até hoje!

    Acabo de fazer um espetáculo que está cheio de idéias que me nasceram apartir dele!
    Muito boa lembrança!

    ResponderExcluir
  2. Esse é o filme da minha infância também! Depois desse filme, Bowie passou a ser meu rei e minha deusa!
    Ótimo blog. Parabéns!

    ResponderExcluir
  3. o.o
    adorei.
    amo de paixão bowie, mas ainda não vi esse filme.
    que lindo ele tá.
    vou procurar.
    o blog é sensacional. amei.

    ResponderExcluir